20 de Abril de 2009

O Grande Projecto

Posted in Geopolítica Eurásica, Teologia às 18:31 por revistarevolucao

aleksandrduginA agressão do efémero

Nós estamos de tal modo enterrados em “este minuto”, nas peripécias políticas e económicas, nos problemas psicológicos, e tão apaixonadamente atendemos ao hipnótico conjunto da vida quotidiana, que constantemente perdemos de vista o principal. O principal, o grande, aquilo que dá sentido à vida, o que define o motivo mais alto – é para nós, volta e meia, apenas treta, estribilho, um esquema verbal e emocional. Ou simplesmente uma cobertura, um adorno exterior daquilo que com senso prático afirmamos como básico e real e que sentimos ser concreto. Assim constituída, a nossa existência gravitacional achata-nos contra a terra. Esses excêntricos, que, seriamente, rompendo com os condicionalismos e convenções sociais, se lançam para o diferente, são aceites por nós apenas quando sábios académicos paramentados com  específico uniforme, quando  artistas com barretes de veludo, ou popes triunfalmente  imponentes. Leia o resto deste artigo »

Anúncios

O Apocalipse Aqui e Agora, Nós e o Milénio

Posted in Geopolítica Eurásica, Teologia às 18:22 por revistarevolucao

aleksandrduginPelos Caminhos da Mentira

Desde há muito, cruelmente nos enganam. Enganam-nos em tudo. Enganam-nos pela medida grande. E isto não começou só ontem…

Este mundo, esta realidade, este país, esta humanidade, que nos descrevem as autoridades da ciência, da cultura e da política, nunca existiram nem existem. Todas as coisas do nosso mundo apocalíptico, as vemos como que através duma miragem hipnótica, criada por conspiradores malignos, espertalhões habilidosos e hipnotizadores ao serviço do príncipe deste mundo… Leia o resto deste artigo »

Bento XVI faz nova aproximação com Igreja Ortodoxa Russa

Posted in Teologia às 17:40 por revistarevolucao

bentoxviO Papa Bento XVI fez hoje uma nova aproximação com a Igreja Ortodoxa Russa, que acusa o Vaticano de proselitismo, ao designar um italiano para dirigir a comunidade católica da Rússia.

“Com esta nomeação, o Vaticano quer demonstrar que está disposto a abrir uma nova página nas relações entre as duas Igrejas”, afirmou o teólogo Aleksandr Dugin ao jornal “Kommersant”.

Paolo Pecci, que era reitor do seminário de São Petersburgo, foi escolhido para liderar a Igreja Católica russa, que possui 600 mil fiéis, mas que se encontra em minoria frente a ortodoxos, muçulmanos e judeus. Leia o resto deste artigo »